PreservaSP
25/Junho/2019, 02:27:39 am *
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registe-se.

Login com nome de usuário, senha e duração da sessão
Notícias:


Abaixo-assinado pela criação do Parque de Pinheiros, o 1o. do bairro! Assine e divulgue!


 
   Home   Ajuda Pesquisa Calendário Login Registre-se  
Páginas: [1]   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Raríssimo exemplar de casarão neocolonial começa a ser demolido  (Lida 3848 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.
Tatiane Cornetti
Administrator
Membro Master
*****

Karma: 0
Offline Offline

Mensagens: 646


Ver Perfil Email
« : 01/Novembro/2008, 09:21:43 pm »

COMUNICADO DE IMPRENSA

Raríssimo exemplar de casarão neocolonial começa a ser demolido, apesar de pedido de tombamento

A Associação Preserva São Paulo, de preservação do patrimônio histórico da cidade e região metropolitana, comunica que foi iniciada esta semana a demolição de um raríssimo exemplar da arquitetura neocolonial, situado na Rua Tupi, 535 (Santa Cecília), apesar de seu tombamento ter sido solicitado pela Associação há mais cinco meses.

No dia 30/04/2008 - há mais de cinco meses, portanto, a Associação Preserva São Paulo entrou com um pedido de tombamento na Prefeitura deste raro e excepcional exemplar da arquitetura neocolonial em São Paulo (processo municipal 2008-0131.555-3). Porém, até o momento, não houve nenhuma providência por parte das autoridades responsáveis pela proteção do patrimônio histórico da cidade (Departamento do Patrimônio Histórico da Prefeitura e Conpresp - Conselho  Municipal  de  Preservação  do  Patrimônio  Histórico,  Cultural  e Ambiental da Cidade de São Paulo). No dia 27 de setembro passado, a Associação realizou uma manifestação em defesa da preservação do imóvel.

Segundo o presidente da Associação Preserva São Paulo, Jorge Eduardo Rubies, por causa dessa morosidade, "torna-se um desafio muito difícil preservar o patrimônio histórico da cidade", pois antes mesmo de o pedido de tombamento ser apreciado pelas autoridades competentes, qualquer imóvel cujo tombamento seja solicitado pelos cidadãos acaba sendo demolido sem que qualquer providência seja tomada. Cumpre ressaltar que um obstáculo a mais para os pedidos de tombamento é o fato de que é preciso pagar uma taxa por eles, e quanto maior documentados mais caros ficam, já que o cálculo da taxa é feito por página do pedido.

O casarão foi adquirido pela empresa Kaufmann, que irá construir um novo empreendimento imobiliário no local.

Para maiores informações sobre o assunto, favor entar em contato com:
Jorge Eduardo Rubies - presidente da Associação Preserva São Paulo - tel. 3105-3053
Departamento do Patrimônio Histórico da Prefeitura: tel. 3331-3813/3331-0797 Diretor: Walter Pires. Diretora da Divisão de Preservação: Andréa Tourinho
Conpresp - tel. 3361-3119 Presidente: José Eduardo de Assis Lefèvre
Kaufmann Imóveis: tel. 3668-6000


Foto: o Casarão da Rua Tupi, 535, antes da demolição
« Última modificação: 01/Novembro/2008, 09:27:40 pm por Tatiane Cornetti » Registrado
Páginas: [1]   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.4 | SMF © 2006, Simple Machines LLC XHTML 1.0 Válido! CSS Válido!