PreservaSP
15/Agosto/2020, 08:53:28 am *
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registe-se.

Login com nome de usuário, senha e duração da sessão
Notícias:


Abaixo-assinado pela criação do Parque de Pinheiros, o 1o. do bairro! Assine e divulgue!


 
   Home   Ajuda Pesquisa Calendário Login Registre-se  
Páginas: [1]   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Espera por tombamento barra obras no edifício Copan  (Lida 2360 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.
Tatiane Cornetti
Administrator
Membro Master
*****

Karma: 0
Offline Offline

Mensagens: 646


Ver Perfil Email
« : 08/Janeiro/2012, 08:53:15 am »

Espera por tombamento barra obras no edifício Copan
Fachada do prédio, projetado por Oscar Niemeyer, está danificada
Síndico afirma que reconhecimento oficial do valor histórico é condição para empresas patrocinarem reformas

VANESSA CORREA
DE SÃO PAULO

Temido pela maioria de donos de imóveis antigos, o tombamento é aguardado ansiosamente pelo síndico e por moradores do Copan.

Só assim o ícone paulistano de Oscar Niemeyer poderá ganhar patrocínio para o tão sonhado restauro da fachada, que cai aos pedaços.

Já existe uma empresa "do ramo bancário" interessada em investir na obra, diz o síndico Afonso Prazeres.

"Me disseram que é só conseguirmos o tombamento que o problema está resolvido, mas que isso é uma condição 'sine qua non' [sem a qual não pode ser]."

O Copan tem dois processos de tombamento abertos. Um de 1992, municipal, e outro de 2007, federal. Nenhum deles foi concluído ainda.

A Lei Rouanet, mecanismo federal de incentivo à cultura, permite que patrocinadores de restauro de imóveis com valor histórico recuperem, via desconto em impostos, 100% do valor investido.

Embora o tombamento não seja uma condição, a lei determina que o imóvel tenha "reconhecido valor cultural" para conseguir o benefício.

Mas, na prática, a reforma só pode ocorrer quando os tombamentos forem concluídos -e, assim, as regras sobre o que pode ser feito no local estiverem estabelecidas.

Ambos os órgãos que estudam tombar o edifício estimam que o tombamento deva sair neste ano.

DESAFIO
Ainda segundo o síndico, o mais complicado depois do tombamento será convencer uma empresa a fabricar pastilhas que sejam iguais às originais do edifício.

A obra de restauro completo custará cerca de R$ 23 milhões, calcula Prazeres.



Publicado na Folha de S.Paulo (08/01/2012)
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidiano/18944-espera-por-tombamento-barra-obras-no-edificio-copan.shtml
Registrado
Páginas: [1]   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.4 | SMF © 2006, Simple Machines LLC XHTML 1.0 Válido! CSS Válido!