PreservaSP
17/Junho/2021, 02:43:18 pm *
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registe-se.

Login com nome de usuário, senha e duração da sessão
Notícias:


Abaixo-assinado pela criação do Parque de Pinheiros, o 1o. do bairro! Assine e divulgue!


 
   Home   Ajuda Pesquisa Calendário Login Registre-se  
Páginas: [1]   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Dep Carlos Giannazi aciona Ministério Público contra fechamento de escolas  (Lida 2278 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.
Jorge
Administrator
Membro
*****

Karma: 0
Offline Offline

Mensagens: 126


Ver Perfil WWW
« : 19/Janeiro/2011, 04:17:37 pm »

26 de dezembro de 2010 (Diário Oficial do Estado de SÃO PAULO.)
O professor e deputado Carlos Giannazi(www.carlosgiannazi.com.br) fez, no dia 21 de dezembro, um pronunciamento na sessão plenária da Assembleia Legislativa no qual acionou o Ministério Público Estadual por conta de um anúncio, feito pelo prefeito Kassab, de desativação do quarteirão, com área de 20 mil metros quadrados, é um terreno municipal que concentra praticamente todos os serviços públicos da região, abrigando nada menos que oito equipamentos públicos da maior importância para a comunidade, a saber: a Biblioteca Pública Anne Frank, a EMEI - Escola Infantil Tide Setúbal, a creche Santa Teresa de Jesus, a Unidade Básica de Saúde José de Barros Magaldi, a Escola Estadual - Escola de Tempo Integral Prof. Ceciliano José Ennes, a APAE - Escola Zequinha, o Centro de Atenção Psicossocial 24 horas e o Teatro Décio de Almeida Prado (os dois últimos, recentemente reformados pela prefeitura, com o gasto de significativa quantia de recursos públicos). Neles são atendidos, diariamente, centenas de crianças, portadores de necessidades especiais, estudantes, pessoas em busca de atendimento médico e psicológico, usuários da biblioteca, além de proporcionar emprego a dezenas de profissionais da saúde, educação, assistência social, cultura e esporte.- O quarteirão é símbolo da cultura e da arte no Itaim Bibi. Nele se situa a Biblioteca Anne Frank, a mais antiga biblioteca infantil instalada fora do centro da cidade, inaugurada em 1946 num antigo casarão, residência de campo da família Couto de Magalhães, depois em outro prédio construído em 1955, esta a mais antiga edificação modernista no bairro, além de abrigar o primeiro teatro da região.

O deputado já levou o caso à Comissão de Educação da Alesp — da qual é membro titular — pedindo a convocação do prefeito para depor e explicar esse ataque contra o direito da população do bairro em se educar e usufruir de outros equipamentos públicos próximos de onde reside/trabalha. A prefeitura alega que venderá a área onde se encontra esse patrimônio público para construir creches na periferia, numa espécie de permuta com a iniciativa privada.Na avaliação do parlamentar, a venda deste terreno atende somente aos interesses das empreiteiras e do mercado imobiliário, que deseja adquirir o espaço para a construção de prédios de alto padrão. “Tudo faremos para que essa negociata não seja realizada, que prejudica alunos das escolas públicas e toda a população usuária desses recursos na região, que são de toda a coletividade”, disse Giannazi, reforçando, contudo, a necessidade de que o poder público encontre formas adequadas ao interesse do cidadão para resolver o grave problema da falta de vagas em creche na cidade de São Paulo.
 
saiba mais;
http://www.preservasp.org.br/
Tel: (0xx11) 3105-3053
com Jorge
 
AGMIB - Assoc. Grupo Memórias do Itaim Bibi 
 www.memoriasdoitaim.com.br
memorias@itaim.com.br 
11-9568.0621

 
WWW.CARLOSGIANNAZI.COM.BR
Registrado
Páginas: [1]   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.4 | SMF © 2006, Simple Machines LLC XHTML 1.0 Válido! CSS Válido!